Angústia® - em 30 de Outubro de 2005


4 Recuperando alguns textos perdidos ... e fugindo um pouco da ordem cronológica no blog.


Vontade de sumir, fugir.
Vontade gritar, voar.
Ir pra bem longe
Buscar um canto no mundo
Que me restaure a alegria,
Que me dê nova energia
Pra me limpar desse pensamento imundo
De nada fazer, de tudo sofrer,
De me sentir incapaz,
Em nada ter paz.
Nada, nada!
Quem sabe nadando vou
Por um oceano turbulento de idéias,
Mil e uma razões,
Complicações
Até não achar mais fôlego,
Braços e pernas,
E me entregar ao mar...
Quem sabe não me arremesse
Em novas terras,
Nesse cantinho que busco,
Que mais desejo agora,
Longe de tudo.
Corpo e alma lavados,
Sangue e ar renovados.
A mente transpõe as barreiras
Me faz querer esse lugar,
Mas os pés presos ao chão
Não me deixam crer;
Tenho que ficar.
Se não posso nadar nesse oceano,
Se essa terra não é ali ao lado,
O que posso ter em minhas mãos?
Como tirar essa dor do coração?
Alguém me responda, por favor,
Porque transbordo em “Nãos”...

5 comentários:

carol_hcr disse...

É... Tem dias que nos sentimos assim mesmo! Que bom que temos o nosso Deus que nos consola, nos levanta e nos dá força para encararmos a vida e seguirmos em frente.


Te amo muito!
Beijos

Bruna disse...

O Hagen sabe expressar até os sentimentos mais angustiantes com bons textos :]

e parabéns por postar frequentemente :)

beeijo

Gisa disse...

Noossaa, esse é triste, hem!??!
E muito bom tbm... rs
Beijos e que Deus continue te abençoando!

Mari disse...

dias sem respostas... dias angustiantes!!!
otimo textoooo

bjãaao

Ale Moulin disse...

hey tooooooooooooooop
poxa tava sentindo falta de passar por aki...
vc sempre com as palavras certas, na hora certa!
=**
bjoo