Razão de escrever® - em 05 de Junho de 2006


Não sou de fazer
Poesia descarada,
Daquelas que se diz
‘Na lata’ pra quem é.

Gosto de deixar no ar
Pessoas e sentimentos,
Que se escondem.
Pelo menos tentam
No vão dos versos,
Entre as palavras.

Nunca fiz poesia
Pra falar mal de ninguém.
O verbo subentendido
Em meus textos
É amar.

A razão de escrever
É dar tempo
Para um tempo
De se ver, se reconhecer.
E se o texto for pra você,
Tente nele se achar.
É pra te homenagear.

Não sei fazer
Poesia sem sentido.
Minha terapia é escrever.
Sobre mim.
Sobre você.