O circo chamado Amor® - em 01 de Março de 2007


O meu coração virou criança.
Voltou à infância.
Só quer brincar.

O meu coração é só alegria.
Explode nele festiva gritaria.
Só sabe sorrir.

Que circo chegou fazendo tanta algazarra,
Desritmando a balada
Desse, agora, novo coração?

É o circo chamado AMOR
Que suas tendas armou
E não fará mais viagem.

Encontrou seu lugar,
Oportunidade para transformar
E calor para se propagar.

Essa menina (III)® - em 09 de Fevereiro de 2007


Ah! Essa menina...
Todo dia me conquista.
Cada vez mais eu a amo.
Meu pensamento ela sempre visita,
Sem dar descanso.

Nunca fujo desse encontro,
Pois é disso que eu mais gosto.
Ter tão perto a minha linda
Ah! É tudo o que eu quero!

Essa menina (II)® - em 7 de Fevereiro de 2007


Ah! Essa menina...
Ela adora um cafuné.
Arrepia quando passeio em sua orelha
Falando baixinho que a amo.
Se contorce com massagem no pé.

Bem que tenta me frear,
Me proíbe de falar.
Que difícil é calar tanto amor!

Tudo bem, menina linda.
Não perde por esperar.
Logo, logo, vou de novo te atacar!