Aventureiro® - em 22 de Março de 2007


Passarinho que cansou do seu poleiro
Na árvore azul já não quer mais ficar.
Busca novo destino, vôo ainda incerto
Para sua vida acertar.

Passarinho aventureiro que sou,
Desejo pra bem longe me mudar.
Quero, solto dos meus trajes,
Voar... Voar...

Não compreendo sempre os intentos do meu Deus,
Para onde vai me guiar.
Ainda bem que me dá asas.
Posso Seu querer abrigar.

O cantinho seguro que almejo
Sigo voando a procurar.
O meu Deus vai me dando sustento
Dia a dia, onde posso pousar.

3 comentários:

Mari disse...

um dos melhores que ja li dos seus!!!
mto booom!!!

bjoos

Carol Rattacaso disse...

lindo!

carolinatag disse...

que lindo, meu primo!!
todos muito bons,mas esse é meu preferido. Acho que é porque me identifiquei com tuas palavras...
Parabéns!
beijão