H's (Agás)® - em 08 de Maio de 2006


Nas costas de minhas mãos
Dois agás eu vejo.
São bases de uma ponte
Que as mãos ainda não encontraram.

Dois agás sozinhos
Dois agás pulsantes
Agás desejantes
De um abraço que os aqueça,
De um abraço que os proteja,
Que os alcance.

Por mais longe que eu ouse levá-los,
Não é fácil haver enlace.
Permanecem suspensos, pendentes,
Dependentes.
Não encontram suporte,
Não encontram calor,
Não encontram amantes.

A vez, então, é de ser anunciante:

Há mãos dispostas, apaixonantes?

6 comentários:

Ale Moulin disse...

Lipe toooop!!!
Que texto mais, mais... UAU!!!!
No words!
Excellent!!! have a nice weekend!!
huuuugs!

Bruna disse...

caracas!
eu acho q nunca vi letras com o desenho das veias... hehe
o texto ficou fera demais :D!

parabéns!

beijo

carol_hcr disse...

Tem siiiim!!! As minhas!!
TE amo!

carol_hcr disse...

Tem siimm: as minhas!!!

Te amo!

Daniel. disse...

Muito bonito, cara!

Ale Moulin disse...

a torcida tah aki gritando: atualiza- atualiza- atualiiiiiza!!!
Tah ouvindo? hahahah
brincadeiras a parte o compositor de algumas das musicas q serao tocadas no SDC tem q estar la... jah disse... vou fazer complo com a Carol pra vc ir.. hahahah..
otimo dia top!