Tempo III® - em 13 de agosto de 2005


A cada alvorecer

Deve despertar um novo Hagen,

Um novo João, uma nova Maria

(*Se inclua nessa!)

Conscientes de sua fragilidade,

Da incapacidade de realizarem as coisas sozinhos,

Sem a ajuda de Deus.


Devem nascer

Homens e mulheres

Limpos de seus erros e pré-conceitos

Prontos a enfrentar o tempo.

O nosso tempo.

Os nossos dias.

Agarrados à Palavra e

Sob o cuidado do Senhor.


Deve brotar nos corações

O divino desejo,

O sublime querer

De ser diferente

Em nosso tempo.

Em nossos dias.

De levar transformação de vida

Às vidas perdidas,

Escravas desse tempo.

Enganoso tempo.


Pois esse é o motivo

Que alimenta o coração do Pai

A nos levantar

Dia após dia:

Em tempo e fora de tempo

Anunciar as boas-novas dos Céus.

2 comentários:

Alessandra disse...

Hey hey
pips... que texto hun?
tem um tempinho q nao passo por aki... sorry...Aproveitar pra te desejar um feliz aniversario! Queria estar em Bsb pra te dar akele abraco apertado, mas infelizmente to soh um pokinho longe... te vi na net rapidinho hj, mas pela hora vi q vc tava de saida.
Entao eh isso.... aproveite o restinho do seu dia, e parabens... * guarda bolo pra mim** kkkk
bjinhos

Carol Rattacaso disse...

Uai, esse texto é novo ou antigo???
Muito bom, amor!!!
Parabéns mais uma vez (sim, pelo texto e pelo niver)!
Beijos!!!
AMO!